jusbrasil.com.br
2 de Dezembro de 2016
    Adicione tópicos

    14ª determina bloqueio de parte das verbas de patrocínio do Carnaval 2011

    A juíza Ana Cláudia Scavuzzi, titular da 14ª Vara do Trabalho de Salvador, determinou a penhora de valores a serem pagos por três dos patrocinadores do Carnaval de 2011 de Salvador - Petrobras, Schincariol e Banco Itaú. O mandado foi expedido em favor do Sindicato dos Empregados em Empresas de Turismo no Município (Sets) em processo contra a antiga Emtursa, hoje substituída pela Saltur na função de empresa promotora oficial de turismo da cidade.

    Cada mandado determina a penhora do total da dívida com a categoria de trabalhadores, que soma pouco mais de R$ 2,35 milhões, conforme atualização feita até novembro do ano passado. Várias tentativas de penhora já foram feitas pela Justiça do Trabalho ao longo dos anos em que o processo tramita na fase de execução, sem que o órgão municipal tenha se prontificado a saldar a dívida com os trabalhadores (o processo teve início em 1993).

    Recentemente, foi tentada a penhora de valores junto à Bahiatursa, empresa oficial de turismo do Estado da Bahia que organiza o Carnaval em parceria com a prefeitura, mas esta declarou, por meio do seu departamento jurídico, não ter qualquer convênio ou contrato financeiro com a Saltur.

    Outra tentativa foi feita com o consórcio OCP/ Mago, que reúne a OCP Comunicação e a Mago Comunicação / Caco de Telha e é responsável pela captação gerenciamento das cotas de patrocínio desde 2009. O contrato com a Saltur para essa atividade é válido por três anos, compreendendo os carnavais de 2010, 2011 e 2012, mas a empresa alegou não ter acesso direto aos recursos, ficando impossibilitada de proceder o bloqueio determinado pela Justiça.

    Ascom 21.02.2011

    Poupe energia: economize até 80% usando lâmpadas eletrônicas.

    Disponível em: http://trt-5.jusbrasil.com.br/noticias/2574921/14-determina-bloqueio-de-parte-das-verbas-de-patrocinio-do-carnaval-2011

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)