jusbrasil.com.br
2 de Dezembro de 2016
    Adicione tópicos

    TRT-5 - RECURSO ORDINARIO : RO 850007820065050038 BA 0085000-78.2006.5.05.0038

    COORDENADOR PEDAGÓGICO - SALÁRIO FIXO - REDUÇÃO SALARIAL - AUSÊNCIA DE REDUÇÃO DE JORNADA - ALTERAÇÃO CONTRATUAL ILÍCITA - NULIDADE.

    Processo
    RO 850007820065050038 BA 0085000-78.2006.5.05.0038
    Orgão Julgador
    6ª. TURMA
    Publicação
    DJ 19/06/2007
    Relator
    LUÍZA LOMBA
    Andamento do Processo

    Ementa

    COORDENADOR PEDAGÓGICO - SALÁRIO FIXO - REDUÇÃO SALARIAL - AUSÊNCIA DE REDUÇÃO DE JORNADA - ALTERAÇÃO CONTRATUAL ILÍCITA - NULIDADE.

    Nula é alteração contratual que reduz o salário fixado mensalmente para empregado ocupante do cargo de Coordenador Pedagógico, sem a contrapartida de redução de jornada, uma vez que nos termos do artigo 468 da CLT "...nos contratos individuais de trabalho só é lícita a alteração das respectivas condições por mútuo consentimento, e , ainda assim, desde que não resultem, direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado". Destarte, é inaplicável o entendimento consubstanciado na Orientação Jurisprudencial nº 244 da SDI-I do C. TST, uma vez que para se aplicar o referido verbete sumular necessário seria que a obreira exercesse o cargo de professora e que em virtude da diminuição do número de alunos de um ano letivo para o outro, tivesse sua carga horária reduzida de forma proporcional, de modo que o valor da hora-aula permanecesse a mesma.

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.
    Disponível em: http://trt-5.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/7718338/recurso-ordinario-ro-850007820065050038-ba-0085000-7820065050038

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)